sexta-feira, 8 de março de 2013

Chuva

Chuva
que cai na penumbra,
pingos cristalinos que
docemente
reflete seu olhar.

Chuva
que molha seus cabelos
e escorre pela seda,
ingenuamente,
fogo, terra, água e ar.

Pedro Cesquim.