segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Saudade



A saudade as vezes se apresenta como um cheiro de flor,
Como um pedacinho azul do céu.
As vezes vai, as vezes vem,
Mas quando é assim, é bom,
É como chuva passageira que refresca os sonhos.

Alexandre Alves