terça-feira, 6 de agosto de 2013

Luz do meu dia



Luz do meu dia
Que meu sonho traz
Que minha alma invade
Nas eternas manhãs

Da noite fria do inverno vivido
Para o suave sorriso da estação seguinte
Luz do meu dia e da minha noite
Do futuro que chega cheio de amor

Alexandre Alves.

Um comentário:

Anônimo disse...

Amei este poema meu querido amigo! Só poderia ter sido feito por você, uma pessoa sublime.

Beijos

Vivi