segunda-feira, 8 de agosto de 2016

La Isla

Vento gelado
De casa em casa
Ruas sem fim
De letra em letra
Azul profundo
Alma eterna
Do Poeta de sempre

Alexandre

Nenhum comentário: