sexta-feira, 13 de maio de 2011

Oração

Ondas de luz que viajam pela imensidão,
chicoteiam como balas perdidas na alma,
partículas de amor que invadem o coração,
raios de sol que o espírito conforta e acalma!

Finos fios que tecem a tênue linha da vida,
árvore frondosa que germinou da semente,
suor sagrado que do obreiro respinga e nos convida
a pronunciar a palavra secreta que jaz no peito dormente!

Suave gesto que docemente fala sem ser ouvido,
ressoa no universo calado o grito de um apelo,
mágico momento que a todo homem é sentido,
carta endereçada ao espaço sem cola, sem selo!

Aquele que do pesadelo da morte se levanta,
que debruça de joelhos ao pé da cama,
num simples gesto de gratidão,
no sorriso do espírito a todos imanta,
que da teia do conflito desfaz a trama,
ama calado, sem dor, sem nada,
sente apenas uma doce chama,
que arde no peito e na mente,
e que a todos conhece como o poder da oração!

Marco Pardini

Nenhum comentário: