domingo, 28 de agosto de 2011

Sabedoria

Caminhar no silêncio da solidão,
deixando pequenas pegadas ao vento,
tocando as pedras do destino com o coração,
escorrendo na face, uma lágrima do tempo!

Sopro do Destino vem me abençoar,
toca minha pele com o fogo do Amor,
lava minha alma com o desejo de cantar,
aquece meu espírito com a Paz e o torpor!

Longo e sinuoso é o caminho solitário,
passos que conduzem à uma direção,
silencioso caminhar de um eremita voluntário,
a romper sua jornada com a força da emoção!

Milagres da vida vêm me enriquecer,
com o sinal da sabedoria secreta,
aquela que escreve nas estrelas, o anoitecer,
no espelho da vida, o Eterno, de forma simples e discreta!

Marco Pardini

Nenhum comentário: